2 de fev de 2010

Decidindo Acertar

Inevitavelmente ao longo de nossas vidas, nos deparamos com uma variação muito grande de caminhos, escolhas e direções a serem tomadas. O que consiste na plenitude de uma vida é exatamente a sabedoria para escolhermos qual decisão nos convêm ou qual nos aproximará do propósito de Deus em nossas vidas. Aliás, se em cada decisão a ser tomada, perguntássemos isso a nós mesmos, as escolhas e acertos certamente seriam mais precisos.

Isso me aproximará ou distanciará do propósito de Deus para minha vida?”
Essa é exatamente a pergunta que deveríamos fazer a cada decisão a ser tomada.
Quando optamos em fazer algo com o objetivo de satisfazer apenas nossas vontades ou nossos desejos pessoais, é o mesmo que ignorar todo sacrifício, todo sofrimento, todo sangue vertido por Jesus na cruz. Ou então seria o mesmo que disséssemos:
Não foi o suficiente pra mim Jesus, precisava de algo mais sofredor para que você me convencesse”.

É triste e cruel quando deixamos de lado a vida que Deus planejou para nós, em troca de prazeres momentâneos.
Pouco se entende como alguém pode abrir mão de bênçãos por maldição. Pouco se entende como alguém pode ser conduzido por más influências ( influência de coisas ou de pessoas ) abrindo mão de todos os planos de Deus em sua vida.
Posso afirmar que nossa vida é composta pelo resultado das nossas escolhas. E uma escolha baseada em emoções certamente nos submete ao sofrimento e em muitas vezes ao arrependimento. Um risco muito grande que corremos, é perceber o nosso erro e não mais conseguir remediá-lo. Pois, alguns deles se tornam irreversíveis.


Em provérbios a palavra nos diz,
“Quem tem juízo, procura a sabedoria, Mas o tolo não

sabe o que quer.

O que hoje é verdadeiramente mais importante em nossas vidas?

Que possamos deixar a hipocrisia de lado ao respondermos essa pergunta. Estamos colocando Deus em primeiro lugar em nossas decisões, ou estamos nos importando simplesmente em nossas vontades? Estamos permitindo que Deus direcione nossa caminhada pela vida?


Bom mesmo é termos tempo para meditar sobre essas coisas, e enxergarmos isso como uma oportunidade que Deus nos dá a cada dia de revermos o modo em que estamos conduzindo nossas vidas.


Acredito que muitas pessoas não tiveram essa oportunidade, não se encontram mais em nosso meio. Sei que muitas delas se prepararam ao longo de suas vidas para enfrentar a morte, outras infelizmente, não.


Mas, e se morrêssemos hoje, estaríamos preparados através do que decidimos em nossas vidas para estar com Cristo? Seríamos dignos de estar na glória com Ele?
A cada dia que vivemos na terra é uma oportunidade dada por Deus de repensar sobre nossas escolhas ou corrigir as já decididas. Com um detalhe, corrigir as já decididas, é só para os corajosos, fortes e verdadeiramente humildes. Caso você seja uma pessoa dotada dessas qualidades e caso também prefere ser direcionado (a) por Deus, aproveite agora mesmo, pois esse é o tempo que Deus tem nos dado para recomeçar a nossa história do lugar onde paramos. O dia é hoje, e a hora é agora!!!
Deus abençõe você e que estejamos aptos a decidir em nossas vidas, o que contribui para o nosso crescimento espiritual.



Liliane Xavier 02/02/2010