7 de jan de 2010

Perseverança


Com efeito,tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa.Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará; todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Nós, porém, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma.
(Hebreus 10: 36-39)


Perseverança, um Desafio

Quando falamos sobre “perseverança”, logo associamos ao fato de persistir em meio às pressões contrárias ou que, independente das dificuldades, conseguiremos romper.
O rompermos apenas, não é suficiente. Precisamos seguir com a certeza de que temos o domínio das situações e para isso, o que precisamos acima de tudo é CONHECIMENTO, FORÇA E FÉ.
A perseverança nos torna maiores, quando através dela, percebemos em nós, a capacidade de vencer os desafios. Desistir de correr a carreira, é entregar-se às situações opostas, admitindo que elas são maiores que nós ou que não somos capazes de vencê-las. E a expressão “NÃO SER CAPAZ”, tem um peso cruel aos nossos ouvidos, trazendo o desânimo, a tristeza, e nos fazendo sentir também conseqüentemente, fracassados.
O que faz tão difícil prosseguir um caminho, continuar a peleja ou lutar, sabendo que desde já, somos vencedores? O que nos leva a desistir muitas vezes de algo que sonhamos e que em muitas vezes faltaria tão pouco?
A perseverança nos faz conhecer níveis mais altos de bênçãos, de conhecimentos e conquistas no Reino de Deus. Sem ela se torna mais difícil, ou em alguns casos, impossível conseguir nossos objetivos. E somente com ela, teremos a tão esperada e desejada VITÓRIA.
Pensando sobre essas coisas, recentemente descobri que existe em nós, algo extraordinário, que administrado de uma maneira coerente, é capaz de nos impulsionar rumo ao alvo sem se incomodar com todas as adversidades: A CAPACIDADE DE SE AUTO AVALIAR.
Quando avaliamos nossas condições físicas, espirituais e emocionais, passamos a conhecer nossa verdadeira capacidade de resistir e podemos com isso, traçar estratégias para enfrentar cada uma das adversidades que nos vier. Basta apenas dedicarmos um tempo de nossas vidas e passar a se conhecer um pouco mais, e com isso reconhecer os nossos próprios limites. Quando não temos o conhecimento de quem verdadeiramente somos, ou o que verdadeiramente desejamos, podemos estar em meio a situações sem a menor condição de estar. Através desse conhecimento, estaremos aptos a enfrentar desafios, dificuldades com mais segurança e a certeza que existe em nós uma força extraordinária que nos impulsiona, quando pensamos não ter mais. Isso, é PERSEVERAR.
E a cada vitoria alcançada, adquirimos ainda mais o conhecimento, a força e o discernimento pra ser usado em novas circunstâncias. Porque é certo que as dificuldades sempre nos alcançarão. Mas importante mesmo, é ter conhecimento que em cada um de nós, existe a chave do saber, a força sobrenatural que vai além do que imaginamos ter. Através desse conhecimento, se torna menos provável que nos abateremos em meio às tempestades e também seremos impulsionados a persistir.
Quem realmente somos?
O que realmente desejamos?
Tendo o conhecimento dessas respostas, seria um ótimo começo para dar continuidade nas batalhas. Porque podemos sem elas, perseverar em algo que no fundo não queremos, ou que não precisamos. E acima de tudo, o mais importante é analisar se o que somos ou desejamos, condiz com a vontade de Deus para nossas vidas.
Que tenhamos verdadeiramente a sensibilidade no espírito de entender essa vontade e deixemos de lado o nosso EU. Porque a palavra nos ensina que existem caminhos que nos levam a crer que são as melhores escolhas, mas o fim deste não nos tornaria melhores ou não nos traria a satisfação desejada.

( Liliane Xavier 06/01/2010 )

6 comentários:

  1. Poxa Lila, amei seu texto, trouxe animo ao meu coração e mais que isso me fez refletir sobre muita coisa.
    Lembrei do que é ter maturidade, muitas vezes pensamos que a temos pela quantidade de anos vividos, mas a vida nos prova que só temos maturidade pelas experiencias que vivemos nesse percurso...seja nas alegrias ou nas tristezas, sempre aprendemos e crescemos com isso.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz Rô por ter causado em vc essas reações. Esse é verdadeiramente o objetvo, levar as pessoas se conhecerem e a refletirem sobre seus limites, pra dai conhecer a força que existe em cada um, qd pensamos que td está acabado.
    Vlw...
    breve postaremos mais outros...

    ResponderExcluir
  3. É isso aí Lila, um texto muito bom e um tema muito oportuno! Realmente 'perseverança' tem sido palavra de ordem nesses dias.
    Continue escrevendo, isso vai ajudar muita gente, a começar por mim rs. Abraço!

    ResponderExcluir
  4. lila... sempre disse a vc que te admirava muito... muito antes dessas situações acontecerem em sua vida, pois bem, agora te admiro muito mais, pela força,determinação, pela coragem de encarar essas situações de frente, pela perseverança tão bem definida por vc neste texto, e acima de tudo por confiar totalmente no Senhor que nos sustenta... lila, como disse no orkut, se existem pessoas em minha vida dignas de serem admiradas, com certeza vc está entre elas... um grande abraço... força filha de Deus!!!!!

    ResponderExcluir
  5. vlw dé, obrigada por esse carinho de sempre. Vc é tb uma pessoa que admiro e gosto demais... Obrigada pela força que sempre nos dedicou. abração!!

    ResponderExcluir
  6. oi Lila,obrigado por suas palavras que nesta noite me trouxe uma alegria tbem de saber mais uma vez que a esperança para tudo,não importando a situação.Se deixe ser usada por Papai do céu mais e mais...bjão rafa

    ResponderExcluir